ArtSampa | 1º a 5 de março de 2023 ArtSampa | 1º a 5 de março de 2023

Museu da República | Paul Setúbal: A Grande Peleja

30/08/2022 - Por ArtRio

O artista goiano Paul Setúbal coloca em seu trabalho toda a sensibilidade e lucidez necessárias num momento de disputas e batalhas pelo poder. Vai buscar na História elementos e símbolos que falam de liberdade, de independência quando, 200 anos após a Proclamação, ainda lutamos para aniquilar os diversos dragões que nos perseguem. Ainda persiste a mentalidade colonial, a grande herança que sobrevive, preservada por quem interessa o poder. É da cultura popular que o artista resgata a figura de São Jorge, o grande protetor do povo, que com sua
lança perfura e faz escorrer o sangue do opressor pela terra. O barro tingido de vermelho é metáfora libertadora, e dominando o dragão, o guerreiro vence a ignorância e a obscuridade.

Impossível não sentir na pele, ao ver as obras de Paul Setúbal, a batalha travada entre o homem, a natureza e o poder na construção de uma identidade cultural. Falamos aqui sobre economia, desenvolvimento, sustentabilidade e Arte. Falamos de independência num ano de comemorações e Arte. Pensamos em transformações, em terra vermelha de tanto sangue, em barro e ouro e Arte. Imaginamos dragões, santos e proteção nas batalhas e na Arte. Tudo muito
natural. Tudo muito a flor da pele.

Texto Isabel Portella

A Grande Peleja, de Paul Setúbal
18 de setembro a 13 de novembro de 2022
Galeria do Lago – Museu da República | Rua do Catete, 153, Catete, Rio de Janeiro
Terça à sexta, das 10h às 17h; Sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h

Galeria relacionada

Artistas relacionados

A ArtRio utiliza cookies para personalizar a experiência do visitante em nosso site, analisar dados e ajudar em iniciativas de marketing. Ao clicar em “aceitar”, você está concordando com os nossos termos.